A Polícia Militar prendeu na cidade de Barcarena, a 162 quilômetros de Tailândia, um homem acusado de envolvimento em um homicídio na zona rural de Tailândia, nordeste paraense.

LEIA MAIS
Acusado de homicídio é preso ao sair do trabalho pela polícia de Tailândia

Edilson Souza de Sousa estava com mandado de prisão preventivo em aberto desde dezembro 2020, época em que ele na companhia do primo Adilson Souza Filho matou a vítima Nildo Paiva. A prisão aconteceu na semana passada.

Nildo foi morto a golpes de facão na vila Turi-Açú após uma confusão entre os três, que ingeriam bebida alcoolica. Depois de morta, a vítima foi arrastada pelos dois acusados para o meio da rua.

O inquérito foi presidido pelo delegado João Bosco, delegado de plantão na época, que agora está na delegacia de Barcarena.  

O primo de Edilson Sousa, Adilson Filho já havia sido preso em fevereiro do ano passado por investigadores de Tailândia, ao ser surpreendido pelos policiais, dentro do ônibus que transporta trabalhadores de uma empresa de dendê.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.