Golpistas que usavam cheques de pessoas mortas são presos no sudeste paraense

Estima-se que somente em 2021, a associação criminosa já teria causado prejuízos de R$ 300 mil às vítimas.