O pedido de impugnação ao registro de candidatura de Ney da Saúde, feito pela Coligação “A vitória é agora” foi definitivamente negado pelo Tribunal Superior Eleitoral.

TSE_Decisão_Tailândia-Pa

Sítio TSE

Após o TSE ter negado o recurso a Coligação “A vitória é agora” de Valdinei Palhares (ver AQUI), os advogados da coligação entraram com um recurso chamado ‘agravo regimental', que basicamente é um pedido de revisão de toda a documentação processual.

Depois de alguns meses, no último dia 14 de fevereiro, o Tribunal Superior Eleitoral, por unanimidade, desproveu o agravo regimental, nos termos do voto do Relator. Votaram com o Relator a Ministra Luciana Lóssio e os Ministros Dias Toffoli, Rosa Weber, Nancy Andrighi, Laurita Vaz e Cármen Lúcia (presidente).

O que significa dizer, de maneira mais clara que a decisão do RECURSO ESPECIAL ELEITORAL Nº 350-84.2012.6.14.0093 – CLASSE 32 – TAILÂNDIA – PARÁ do Relator: Ministro Henrique Neves da Silva, depois de haver sido julgada pelas esferas anteriores foi negado o pedido de impugnação, pois a desistência da candidatura a vereador e candidatura ao cargo de prefeito só diz respeito aos interesses dos partidos coligados a Ney da Saúde, em nada tendo ver com a Coligação “A vitória é Agora” de Valdinei Palhares ou outra qualquer. Sendo mantido o registro de candidatura de Ney da Saúde e consequentemente a vitória.

 

Portal Tailândia – o maior portal de notícias da região.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *