Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

As eleições municipais de 2020 se aproximam e, com isso, a oportunidade de empregos, mesmo em meio à pandemia de coronavírus, cresce. Serão mais de 500 mil candidatos fazendo campanha eleitoral em todo o país e, como consequência, precisando de serviços de profissionais qualificados em diversas áreas.

Segundo o consultor e professor de marketing político, Marcelo Vitorino – que coordenou a campanha do então candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella –, a expectativa é que, no mínimo, 1,5 milhões de vagas sejam geradas. Ele, contudo, relata a dificuldade em encontrar profissionais qualificados para trabalhar na área política.

Por Metrópole

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *