Um vendedor de artigos religiosos, de 55 anos, foi preso preventivamente por importunação sexual contra duas idosas no município de Goianésia (GO). A prisão aconteceu na última terça-feira (13), pela Polícia Civil de Goiás (PCGO). As informações são do Metrópoles.

Uma das vítimas é uma idosa de 79 anos que procurou a Delegacia da Mulher e relatou que era cliente do homem. Ela disse que ele tinha o hábito de ir à casa dela vender os produtos religiosos. Mas, em uma destas ocasiões, o acusado se masturbou por cima das plantas da idosa. E ao ir embora, pegou a mão da idosa, sem o consentimento dela, e esfregou por cima da calça dele, em sua região genital.

A segunda vítima, de 73 anos, também contou que o vendedor ligava para ela e dizia frases eróticas/pornográficas. As idosas disseram que o suspeito praticou as mesmas atitudes com outras senhoras da vizinhança, mas por temor e vergonha, elas não denunciaram.

O suspeito está apreendido na Unidade Prisional de Goianésia. Os agentes acreditam que, com a prisão do vendedor, outras vítimas terão coragem de denunciá-lo. Ele vai responder pelo crime de estupro, que prevê uma pena de 6 a 10 anos.

Por O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *