O Tribunal do Júri condenou Geilson Cezário de Souza a 12 anos de prisão após assassinar a sangue frio Ronaldo da Silva Lima em Marabá, sudeste do Pará.

O crime aconteceu no dia 9 de junho de 2019, após uma discursão na fila de um supermercado. O crime foi registrado por câmeras de segurança.

O vídeo, mostra o homem passando as compras no caixa, quando começa a discutir com o rapaz ao lado que aparece de camiseta branca. A vítima estava com um amigo que segura uma garrafa. No local havia dezenas de pessoas, incluindo a mulher a filha da vítima.

De acordo com as testemunhas, a vítima pediu para passar na frente do réu na fila. Foi quando a discussão começou. Exaltado, Geilson efetuou vários disparos contra Ronaldo.

O criminoso fugiu do local, mas foi preso cinco dias depois no município Cidade Ocidental, em Goiás, quando foi reconhecido por policiais militares em uma parada de ônibus.

A Polícia informou que a vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois de dar entrada no Hospital Regional de Marabá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *