A Polícia Civil deu inicio a uma investigação que descobriu uma rede de exploração sexual que alicia menores de idade como garotas de programa em um site adulto. Os nomes das adolescentes de 13, 14 e 16 anos, constavam no site que era utilizado pelos usuários em busca de encontros com garotas de programa.

As investigações tiveram inicio após uma denuncia anônima recebida pela Polícia Civil de Parauapebas, sudeste do Pará.

A Polícia foi acionada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Parauapebas (Comdcap), que identificou as jovens em anúncios do site. As mensagens publicitárias apresentam as garotas como maiores de idade e também indicam que já viajaram para outros municípios e até para fora do Estado por intermédio do site.

Diante dos fatos, as jovens foram conduzidas a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil para prestarem depoimento. O caso segue em investigação, mas até o momento, a suspeita é que essas e outras garotas estejam sedo aliciadas por alguém do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *