Na manhã desta terça-feira(30), a Polícia Federal conseguiu desarticular uma das maiorias organizações criminosa especialista em tráfico de peixes em extinção, com representação internacional.

A 4ª Vara Federal de Belém/PA expediu um mandado de busca e apreensão n município de Altamira, sudoeste do Pará. Ao longo dos últimos anos, a Polícia Federal realizou diversas apreensões de peixes ornamentais no aeroporto internacional de Manaus, constatou-se, então, que a maioria dessas apreensões teve como ponto de partida Altamira/PA e tinham como destino final Colômbia, China, Europa, dentre outros destinos internacionais.

Durante diligências da equipe de investigação da Polícia Federal, foi possível encontrar o mandante da organização criminosa. Os peixes estavam sendo vendido no exterior por cifras que ultrapassam o valor de 2 (dois) mil dólares, por exemplar, por se tratar de peixes raros e em extinção e seu grau de ameaça.

Um outro suspeito foi apresentado por envolvimento no esquema ambiental. Segundo informações ele era responsável por realizar a ponte entre os pescadores locais, recrutamento de nativos para o transporte ilegal dos peixes e acautelamento das espécies em extinção

A organização possui cerca de 10 integrantes, divididos em  vendedores internacionais e nacionais, intermediadores, pescadores locais, transportadores das espécimes e receptadores internacionais.

Diante dos fatos , os acusados responderão pelos delitos previstos na Lei de Crimes Ambientais, por integrar em uma organização criminosa e lavagem de capitais, podendo as penas ultrapassar 20 anos de reclusão, além da multa cominada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *