A Polícia Civil do Pará, por meio da Divisão de Combate a Crimes contra Grupos Vulneráveis Praticados Por Meios Cibernéticos (DCCV), cumpriu mandado de prisão preventiva, busca e apreensão e quebra de sigilo telemático, contra um homem, durante a “Operação You”, na manhã desta quinta-feira (29), em Belém. 

O suspeito é investigado pelos crimes de Falsa Identidade, Invasão de Dispositivo Informático, Divulgação de fotos íntimas e Constrangimento Ilegal contra mulheres. Segundo as investigações, até o momento, mais de 10 vítimas foram identificadas. O trabalho policial se iniciou há cerca de seis meses e a maioria das mulheres são estudantes de uma instituição de Ensino Superior (IES). 

De acordo com a PC, o suspeito iniciou os atos criminosos em 2016, e seguia cometendo-os. Há indícios de que o homem alcançou um número grande de mulheres. O preso utilizava de engenharia social para obter senhas de contas de e-mail e invadir drives e redes sociais das vítimas para obter fotos e informações pessoais delas arquitetando uma rede criminosa, para fazer outras vítimas em seguida. 

A titular da DCCV, delegada Lua Figueiredo, alertou para esse tipo de golpe, ressaltando a importância de sempre se ter a confirmação da identidade da pessoa com quem se troca qualquer informação via redes sociais e para que não se forneça senhas.

Durante a ação, nesta quinta-feira, foram apreendidos dois aparelhos telefônicos, além de chips e um notebook que serão periciados para esclarecer o modo de atuação e reunir provas contra os crimes praticados. 

Após a prisão, o suspeito foi conduzido a unidade policial onde foi ouvido e, posteriormente, será encaminhado ao sistema penitenciário. Ele já está à disposição da Justiça. A ação contou com o apoio de peritos da Polícia Científica o Centro de Pericias Cientificas Renato Chaves.

Fonte: Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *