Nesta quinta-feira(15) uma adolescente de 15 anos denunciou o médico Vinicius de Melo ávila por abuso sexual no município de Parauapebas, sudeste paraense. O crime aconteceu dentro do consultório médico.

A jovem conta que ao examiná-la, ele teria colocado a mão dela sobre o órgão sexual dele e depois lhe apalpado os seios. Após o abuso, o médico teria chegado a pedir desculpas e apelou para ela não o denunciasse, para que não prejudicasse a sua família, pois tem mulher e filhos.

A adolescente relatou o abuso ao namorado que acionou a Polícia Militar, e junto com os militares, seguiu para a clínica onde trabalha o médico. O suspeito já havia saído do local, no momento em que os policiais chegaram, e deixou vários pacientes que o aguardavam, sem atendimento.

O diretor da clínica foi comunicado sobre a situação mas informou que teria que ouvir a versão do médico para “ver quem estava com a razão”. Uma pessoa que estava no local na hora em que a polícia foi procurar Vinícius disse que não é a primeira vez que isso acontece, mas, nunca uma paciente o havia denunciado.

Vinícius Ávila já havia sido preso neste ano acusado de violência doméstica pela própria companheira. O caso aconteceu em 29 de março deste ano. O médico foi liberado da sentença no dia seguinte após pagar uma fiança de 22 mil, arbitrada pela juíza Adriana Karla Diniz Gomes da Costa.

Após a divulgação da denúncia, outras pacientes que também teriam sido molestadas pelo médico procuraram a imprensa para denunciá-lo. Elas deverão ser ouvidas nos próximos dias. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher / Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deam/Deaca).

Informações de O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *