Uma garota, de 16 anos, sobreviveu após ser raptada por 14 horas e neste período ter sido sufocada com um saco plástico e esfaqueada pelo menos 80 vezes em Barranquilla, na Colômbia.

Segundo autoridades locais, a jovem foi levada na última sexta-feira (19) para a casa de um amigo, onde além dos ferimentos de faca, foi torturada, sendo sufocada com um saco plástico sobre o rosto.

O general Diego Rosero, comandante da Polícia Metropolitana de Barranquilla, afirmou que “por engano” um jovem casal da mesma idade da vítima e que também eram seus amigos, a levaram para uma casa no município vizinho. “Lá ela foi dominada por eles e apunhalada com uma arma pontiaguda em várias ocasiões. Mais tarde, a mãe de um deles chega ao local, percebe o que estava acontecendo ali, mas se envolve naquela atividade e também usa uma arma afiada para continuar atacando a garota de 16 anos”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *