Na última segunda-feira(05), um homem acusado de estuprar a neta de sua companheiro foi preso pela Polícia Civil no município de Paragominas, sudeste do Pará. A vítima era abusada desde os 12 anos de idade.

A Delegada Amanda Costa da DEAM/DEACA (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e Delegacia Especializado Atendimento á Criança e Adolescente), da Polícia Civil de Paragominas, recebeu denúncia sobre o caso de estupro de vulnerável há cerca de 40 dias atrás.

A denunciante foi a própria vítima, que relatou que era obrigada a se relacionar sexualmente com o companheiro de sua avó.

Segundo informações, a avó não tinha conhecimento da situação, pois seu companheiro sempre buscava uma forma de fazer com que ela saísse da residência para manter relações sexuais com a vítima, que mora com a avó desde os 05 anos de idade.

Um inquérito foi instaurado e o caso passou a ser investigado.

Recentemente a adolescente começou a namorar e o companheiro da avó teria se descontrolado ao ver o casal de adolescentes se beijando e teria agredido os dois.

De acordo com a delegada, o acusado informou que nunca viu a menina como neta, como se fosse uma neta dele. Que sempre enxergou a menina como uma mulher, que era apaixonado por ela e que queria, inclusive, ficar com ela.

A Justiça concedeu o mandado de prisão requerido e  o mesmo foi cumprido pela Polícia Civil na manhã de segunda-feira, dia 05 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *