Na noite deste domingo, 13, um caso de feminícidio foi registrado em Santarém, no Oeste Paraense, tendo como vítima Auriane Coelho Teixeira, de 27 anos. A mulher foi morta a facadas por Edson Lira Santana, de 38 anos, na frente do filho da mulher, uma criança de apenas nove anos. Após sofrer um acidente de moto enquanto era perseguido pela polícia, o acusado morreu na manhã desta segunda-feira, 14, no hospital.

Segundo informações repassadas pelo 35º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o crime foi por volta das 23h30, na rua Bem-te-Vi do bairro São Francisco, e teria sido motivado por ciúmes. O casal vivia um relacionamento bastante conturbado, e estava separado há pouco tempo. No domingo à noite, Edson foi até a casa da ex-mulher, onde iniciaram uma violenta discussão. No meio da briga, o homem esfaqueou a mulher várias vezes. 

A criança presenciou tudo, e saiu pelas ruas chorando e pedindo por ajuda. A Polícia Militar atendeu o chamado e foi atrás do assassino, em uma perseguição. Segundo a PM, Edson Lira fugiu na motocicleta da vítima, mas na perseguição, acabou colidindo com um caminhão. Ele quebrou uma das pernas e sofreu outros ferimentos, sendo levado ao hospital de pronto-socorro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) também foi solicitado para socorrer Auriane, mas ela morreu no local.

Um dia depois da internação, Edson não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A remoção do corpo do feminicida foi confirmada pela Unidade Regional do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves em Santarém.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *