Rogério Alexandrino dos Santos foi condenado nesta quinta-feira (15) pela morte do filho, um menino de sete anos, em 2019, em Manaus (AM). O Conselho de Sentença do Júri o considerou culpado da acusação e acatou as qualificadoras previstas na lei penal. O homem foi condenado à pena de 29 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado .Com informações de O Liberal.

O réu foi para a cadeia no dia 17 de junho de 2019, quando teve a prisão preventiva decretada pela Justiça estadual. O período em que Rogério ficou preso será abatido da pena total aplicada.
 
O Ministério Público do Amazonas denunciou Rogério pelo crime de homicídio qualificado. Ainda, pesou contra ele o fato de ter cometido abuso de poder contra a criança, seu próprio filho, e a ocultação de cadáver.

Entenda o caso

De acordo com o inquérito policial que consta dos autos, no dia 12 de junho de 2019, por volta das 19h30, Rogério levou o filho para um imóvel próximo à residência onde moravam e, sozinho com a vítima, o atingiu com golpes usando um pedaço de madeira.

Ainda conforme o inquérito, logo depois de agredir o filho de sete anos, o homem enterrou o cadáver no local. A avó da vítima questionou Rogério sobre o paradeiro do menino, mas ele não dizia nada. Foi a avó quem alertou a polícia, que foi à residência para tomar as declarações do pai. Durante a investida policial, ele confessou ter matado o filho e o enterrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *