Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na quinta-feira, 2, um jovem que trabalhava em um parque de diversões no município de Alenquer, oeste paraense, morreu após ter a cabeça esmagada por um pêndulo do brinquedo denominado “Surfe”. O acidente aconteceu na tarde de ontem.

Segundo informações do coordenador da Defesa Civil de Alenquer, Roger Costa Rodrigues, a vítima, identificada como Gabriel Serra Aires, é natural da cidade de Santarém, e teria vindo para a cidade de Alenquer, para trabalhar no parque de diversões que funciona na Praça da Igreja Matriz de Santo Antônio, onde ocorre as festividades do padroeiro da cidade.

Ainda conforme o o coordenador da Defesa Civil, o acidente pode ter ocorrido por falha humana. De acordo com Roger, o brinquedo possui um pêndulo que contrabalanceia o movimento, e ao girar esse pêndulo o trabalhador pode ter se distraído e ficou imprensado contra a estrutura, tendo a cabeça esmagada. A vítima teve perda de massa encefálica.

De acordo com a Polícia Civil, o parque de diversões funcionava dentro da legalidade, e passou por vistoria antes de receber o alvará para funcionamento. A polícia informou que será instaurado um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Gabriel Serra. A polícia ouvirá o proprietário e funcionários do parque, além destes, serão ouvidos também pessoas que estavam no local e presenciaram o ocorrido.

Por: Roma News

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.