Crédito: Reprodução/Debate de Carajás

O homem identificado como José Belmiro Fernandes Pinto, de 65 anos, foi preso por uma guarnição da Polícia Militar na manhã do último domingo, 6. Ele é acusado de o de amarrar e torturar o neto de 12 anos. A ação foi registrada em uma casa na Folha 15, no Núcleo Nova Marabá, em Marabá, na região sudeste do estado. 

Todas as agressões foram registradas por um vídeo chocante. Nas imagens, o jovem grita e implora para o avô parar de bater com o chicote, mas sem sucesso.

Assista:

Na delegacia, o homem afirmou que não tinha a intenção de machucar o garoto. Ele e a esposa dele criam na residência outros cinco netos, de 17, 14, 15, 8 e 3 anos. A mãe da vítima, segundo a polícia, não mora na residência.

Desde 27 de junho de 2014 entrou em vigor a Lei Menino Bernardo (antes conhecida como Lei da Palmada), que modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente para estabelecer o direito de crianças e adolescentes serem educados sem o uso de castigos físicos ou tratamento cruel por aqueles responsáveis de educá-los ou protegê-los. 

Por: Debate de Carajás.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.