Foto: Ascom Hospital Breves

Seis pessoas da mesma família foram intoxicadas com monóxido de carbono (um gás levemente inflamável), em Curralinho, no Marajó. Um mulher morreu e outras cinco pessoas estão internadas, entre as vítimas estão duas crianças. O incidente aconteceu na noite de domingo (10).

As vítimas foram identificados, como Aldemir Gomes Miranda, 45 anos, a esposa Andreza Cordeiro Ribeiro, de 21 anos, os dois filhos do casal, um com 6 anos e a outro com 4 meses, e uma irmã de Aldemir, Leiliane Gomes Miranda, 33 anos. Ione Soares Dias, não resistiu e acabou morrendo antes de ser socorrida.

Os sobreviventes foram encaminhados para o Hospital Regional de Breves. O estado de saúde da família é considerado grave e todos chegaram no hospital com nível de rebaixamento de consciência. Eles estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo acompanhados por médicos da unidade.

A intoxicação teria acontecido porque havia faltado luz na cidade e a família teria ligado o gerador, que é movido a diesel e fica dentro da residência. Como o motor ficou funcionando durante toda a madrugada, as seis pessoas que estavam na casa inalaram o gás por aproximadamente 10 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *