Reprodução

Na manhã desta quarta-feira (4), o Ministério Público Eleitoral (MPE) deflagrou a operação “Jogo Limpo” em Tucuruí, no sudeste do Pará. A operação teve por objetivo investigar fakes news nas campanhas eleitorais no município e em outros casos.

Foram cumpridos mandados de buscas e apreensão, de prisão preventiva e de conduções coercitivas. Durante a operação foram apreendidos diversos materiais eletrônicos, como celulares e computadores.

Em coletiva à imprensa, a promotora Aline Martins, responsável pela operação, informou que o objetivo central da operação foi frear crimes eleitorais que estão acontecendo há bastante tempo em Tucuruí. Segundo ela, essa atividade se intensificou agora durante a campanha eleitoral e houve uma necessidade maior de cessar todas as condutas que tenham haver com os crimes, principalmente a divulgação de notícias falsas.

A promotora enfatiza que as chamadas fakes News incorrerem em vários crimes do código eleitoral e configura também no Artigo 326-A, que é propalar falsamente, dar causa a processos, a inquéritos contra pessoas, informações falsas, inclusive compartilhamento. Ela observa ainda que, se alguém desconhece, que fique ciente que compartilhar notícias falsas também é crime.

A operação teve ainda como foco combater os crimes contra a honra. A promotora informou que, além dos crimes que estão sendo investigado, também foram feitos flagrante de outros crimes durante a operação. Crimes que serão objeto de inquérito policial. 

Por: Zé Dudu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *