Reprodução: O Liberal

A Polícia Civil de Tucuruí trabalha na investigação de um suposto latrocínio e uma tentativa de homicídio ocorrido por volta das 19h do último domingo (6), na avenida São Luís, no bairro Cristo Vive, que vitimou o ex-presidiário Danielson Moreira Carvalho. Na mesma ocasião, a esposa dele, Rosileia Balieiro da Silva, sofreu tentativa de assassinato. Os criminosos roubaram a moto da vítima e não foram identificados até o momento.

Rosileia contou à equipe de investigadores que Dani, como era conhecida a vítima, recebeu uma ligação telefônica para um encontro no bairro Cristo Vive. Em uma motocicleta Honda Start 160, cor vermelha, a vítima foi ao encontro na companhia da mulher e um filho de colo. Ao chegar à avenida São Luís, três homens seguiram a vítima por alguns metros.

Um deles sacou uma arma de fogo e desferiu, pelo menos, três tiros em Danielson, que caiu com o veículo e morreu na hora. O atirador apontou a arma contra a mulher, mas os tiros falharam. Em seguida, o trio fugiu com a moto da vítima.

Guarnições da Polícia Militar atenderam a ocorrência, mas não conseguiram localizar os suspeitos, que continuam foragidos. A Polícia Civil também esteve no local e trabalha com a possibilidade de latrocínio ou acerto de contas. De acordos com informações, Danielson havia cumprido pena, em 2017, no Centro de Recuperação Regional de Tucuruí, pelo crime de tráfico de drogas. Com informações do portal Correio de Carajás.

Por: O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *