Crédito: Reprodução/Debate de Carajás

O taxista identificado como, Nelson José Gomes, 66 anos, foi assassinado com uma facada na região da garganta na tarde da última quarta-feira, 15, na cidade de Placas, região oeste do estado. Três pessoas são apontadas como suspeitas de cometer o crime e duas já foram detidas.

De acordo com informações, um homem embarcou no táxi de Nelson na cidade de Uruará, acompanhado de duas mulheres, com destino a Placas, porém, durante a corrida, o passageiro sacou uma arma branca e golpeou o taxista na garganta. A vítima exercia a profissão há anos e era muito conhecida na cidade.

A vítima morreu dentro do próprio veículo sem chances de defesa. Depois de matar o taxista, o homem e as mulheres fugiram, mas a polícia conseguiu deter as duas mulheres. Já o suspeito conseguiu escapar do cerco policial por uma região de mata.

De acordo com a Polícia Civil, o crime apresenta características de latrocínio. O corpo só foi encontrado horas depois do homicídio. O cadáver foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia e será sepultado na tarde desta quinta-feira, 16. 

Por: Debate de Carajás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.