Início Pará SuperNorte 2016 quer transformar desafios em oportunidades de negócios

SuperNorte 2016 quer transformar desafios em oportunidades de negócios

13 Leitura min
0
0
1

Fomentar negócios, prospectar investimentos, apresentar novidades em produtos, serviços e tecnologia. Esses são alguns dos objetivos da SuperNorte 2016. A 19ª edição da tradicional Convenção de Supermercados e Fornecedores da Região Norte foi aberta na noite desta segunda-feira (10), no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. A cerimônia contou com a presença do secretário Extraordinário de Governo e Assuntos Institucionais, Helenilson Pontes; do presidente da Assembleia Legislativa, Márcio Miranda; presidentes de associações estaduais supermercadistas, executivos de multinacionais e de grandes indústrias brasileiras, além de autoridades locais.

Criada em 1997, a SuperNorte é uma das maiores feiras do setor supermercadista do Brasil, referência do desenvolvimento econômico do Pará e da região Norte. (FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ)
Criada em 1997, a SuperNorte é uma das maiores feiras do setor supermercadista do Brasil, referência do desenvolvimento econômico do Pará e da região Norte. (FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ)

“Esta é uma das maiores feiras supermercadistas da região Norte, setor que emprega milhares de pessoas no Pará. Nós do governo do Estado, durante todos esses anos, temos sido parceiros e estamos ao lado do setor produtivo no sentido de gerar mais empregos e renda para a nossa população. O governador Simão Jatene entende que através desses dois pontos é que nós poderemos combater os nossos maiores inimigos, que são a pobreza e a desigualdade”, afirmou o secretário Helenilson Pontes, que na ocasião representou o governador Simão Jatene.

Em meio à crise econômica nacional, a ampliação de investimentos em diversos segmentos é fundamental para o desenvolvimento do Estado. Mas para isso é importante que não só o governo, mas o setor produtivo e empresariado estejam preparados para transformar os desafios em oportunidades de negócios e, consequentemente, em emprego e renda. Em função deste cenário, a feira deste ano traz como tema “Descobrindo Oportunidades”.

O presidente da Associação Paraense de Supermercados (Aspas), José Santos de Oliveira, destacou a esperança do setor apesar das dificuldades impostas pela atual conjuntura do país. “O consumidor ainda está na expectativa do que vai acontecer, mas já está voltando aos seus hábitos de compra e pudemos perceber isso neste Círio. Precisamos refletir sobre este cenário e buscar oportunidades, pois esta é a melhor estratégia para vencer a crise”, disse. A feira é uma realização da Aspas, em parceria com delegações das associações estaduais do Amapá, Amazonas, Roraima e Maranhão, e apoio institucional da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

No pavilhão de exposições do Hangar, o visitante poderá conferir a Feira de Produtos, Serviços e Tecnologias, uma verdadeira vitrine de inovações para o setor. São mais de 60 estandes, distribuídos em quase 4 mil metros quadrados de área, com produtos e serviços, entre eles estão o do Instituto de Metrologia do Estado do Pará (Imetropará), Banpará e Hospital Ophir Loyola, com orientações sobre câncer de mama, de colo de útero e alimentação saudável.

“Mesmo com a crise, nossa expectativa é movimentar este ano entre R$ 35 e R$ 40 milhões em negócios”, acrescentou José Oliveira, titular da Associação Paraense de Supermercados. Segundo a coordenação, a SuperNorte deve receber nos três dias de programação entre 30 e 35 mil visitantes.

Para Fernando Yamada, presidente da Abras, tão importante quanto gerar negócios, é o relacionamento e conhecimento de novos produtos e serviços. “Esses fatores são importantes, pois o expositor quer ampliar sua rede de clientes, porém a Feira é importante também porque você aprende com palestras e trocas de experiências e oferece tudo aquilo que um pequeno e um médio não consegue ter acesso por não ter condições de ir nas feiras nacionais. E possibilitar isso é um orgulho para nós”, avaliou.

Conhecimento

Criada em 1997, a SuperNorte é uma das maiores feiras do setor supermercadista do Brasil, referência do desenvolvimento econômico do Pará e da região Norte. A iniciativa também se apresenta como um grande centro de convergência entre oportunidades de negócios, networking, novidades para o autosserviço e conhecimento.

Além de exposição de produtos, a Feira também conta com workshops, visitas técnicas, palestras técnicas e com convidados, entre eles Cláudio Tomanini, especialista em Marketing e Vendas; com a jornalista Cristina Serra; Silvio Laban, coordenador geral dos programas de MBA do instituto de ensino Insper e Augusto Cury, psiquiatra, pesquisador e escritor. Entre os temas abordados estão a conjuntura político-econômica, vendas e comportamento do cliente. A ideia é promover conhecimento sobre mercado, consumidor e gestão de negócios.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Pará (Sebrae-PA) também participa da programação, com exposição de produtos de 11 empresas de seis municípios paraenses e encontros de negócios realizados no próprio estande da instituição. A ação será voltada para pequenas empresas do ramo de alimentos e bebidas do Estado, que terão a oportunidade de negociar com compradores internacionais, em parceria com o Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa). Os encontros contarão com a presença de compradores da Argentina, Equador e Guatemala, além de 24 empresas ofertantes.

“Esse ano o nosso foco está para a geração de negócios, e a SuperNorte tem esse fim. Serão dois dias de programação, sendo o primeiro com âncoras do mercado internacional e o outro do nacional. Além disso, teremos empresas do Estado e de fora conhecendo produtos das que são atendidas pelo Sebrae e que estão passando por um processo de gestão, de melhoria dos seus produtos para poder acessar novos mercados, principalmente os de grande consumo, como grandes distribuidores e supermercadistas”, afirmou Fabrizio Guaglianone, diretor-superintendente do Sebrae no Pará.

Imetropará

A comemoração dos 25 anos do Imetropará é destaque no estande da instituição durante a feira deste ano, incluindo a exposição da Linha do Tempo com a evolução da metrologia e do Instituto, os instrumentos que foram e são utilizados em campo, entre outros pontos altos da trajetória do Instituto.

O estande do Imetropará recebeu a visita da comitiva da diretoria da Aspas, e também contou com a presença do secretário Extraordinário de Governo e Assuntos Institucionais, Helenilson Pontes e do prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro.

Durante a ocasião o presidente do Imetropará, Jorge Rezende, destacou o evento como uma grande oportunidade para estreitar relações e gerar oportunidades de parceria. “É preciso somar forças para encarar os desafios e como o próprio tema da feira traz como cerne, descobrir oportunidades”, destaca.

A SuperNorte  2016 segue até esta quarta-feira (12), no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. As palestras serão realizadas no período da manhã e tarde e a visitação da Feira será sempre das 18 às 23h. Inscrições no valor de R$ 100, para os três dias ou R$ 50 para apenas um, na secretaria do evento. Mais informações: www.aspas.com.br.

 

Por Lidiane Sousa | Agência Pará

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Josenaldo Jr.
Carregar mais em Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *