Na decisão que autorizou a Operação Bellum, o ministro Francisco Falcão determinou a indisponibilidade dos bens do governador Helder Barbalho e dos seus três secretários, no valor do prejuízo do contrato – R$ 25 milhões.

Por o Atangonista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *