Os cartões do vale-alimentação garantem as refeições dos alunos da rede pública durante a pandemia (foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará)

A segunda recarga do cartão do vale-alimentação escolar dos alunos da rede pública estadual de ensino começará a ser liberada neste sábado (06), informou na tarde desta sexta-feira (5) o governador do Pará, Helder Barbalho. Ao lado da secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, ele disse que a recarga estará liberada para uso imediato neste sábado para 264 mil estudantes das regiões de Integração do Araguaia, Baixo Amazonas, Marajó, Rio Caeté, Tapajós, Xingu, Carajás, Lago de Tucuruí e Tocantins.

Para estes alunos será feita uma nova recarga automática nos cartões entregues na primeira etapa da medida de garantia do direito dos alunos, implementada pelo governo estadual por meio da Secretaria de Educação (Seduc), entre os meses de abril e maio.

Já os alunos que moram na capital e demais municípios da Região Metropolitana de Belém, além das regiões do Rio Capim e Rio Guamá, deverão pegar um novo cartão na escola onde estudam a partir do dia 10 de junho, de acordo com o cronograma a ser divulgado pela Seduc. “Este auxílio foi criado para garantir o alimento do aluno da rede estadual no período de suspensão das aulas (em função da pandemia de Covid-19)”, lembrou o governador.

O valor é de R$ 80,00 para cada aluno, totalizando 575 mil estudantes a serem beneficiados. O investimento nesta segunda etapa é de R$ 44 milhões, assegurados pelo Tesouro estadual. “Além disso, vamos fazer a terceira recarga até o final de junho, totalizando o investimento de cerca de R$ 130 milhões para ajudar os alunos e suas famílias”, anunciou Helder Barbalho.

Os estudantes podem acessar o site da Seduc (www.seduc.pa.gov.br) para checar a lista de estabelecimentos comerciais credenciados em cada município para esta segunda etapa. No site, o aluno ou responsável também pode conferir todos os municípios pertencentes a cada região.

Volta às aulas – O governador Helder Barbalho também anunciou que o retorno das aulas presenciais na rede estadual está previsto para 1º de agosto. “Quero deixar claro que estamos ouvindo técnicos, cientistas e autoridades que estão avaliando as condições epidemiológicas para proteger os alunos, assim como o Conselho Estadual de Educação e Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará, e sinalizando, ao que tudo indica, que as aulas devem voltar em agosto”, acrescentou.

As aulas presenciais na rede estadual pública de ensino foram suspensas no último dia 18 de março como forma de manter alunos e profissionais da educação sem risco de contágio pelo novo coronavírus no ambiente escolar.

Via Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *