Reprodução/ O Liberal

O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, recebeu no início desta noite deste domingo, 14, uma ameaça de morte por meio de um áudio compartilhado via aplicativo de mensagens instantâneas. Na gravação, um homem, que até a publicação desta reportagem não havia sido identificado, afirma que vai jogar gasolina no gestor municipal e atear fogo em seguida. A mensagem ainda avisa para que o político não transite em uma das vias mais movimentadas do município do oeste paraense: a avenida Tapajós, em frente à orla da cidade.

No mesmo áudio, o motivo da ameaça também é informado: o prolongamento do estado de lockdown até o próximo dia 19 de fevereiro. O novo documento foi publicado no sábado, 13, mas entra em vigor no dia 15 de fevereiro. A decisão foi tomada pelo Comitê de Crise de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus de Santarém.

“Prefeito pilantra, mentiroso. Na campanha política disse que não ia ter ‘lockdown' na segunda-feira, mas depois de uns dias que ele assumiu, teve lockdown…. Já estamos indo pra terceira semana (…). Merece pegar um litro de gasolina e tacar fogo em ti, seu Nélio Aguiar. O povo tá revoltado. (…) Não anda lá pela rua, não”, diz um trecho da mensagem compartilhada em um grupo.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Santarém.

Por: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *