Um policial à paisana baleou dois homens que tentaram matar um funcionário de um lava a jato na noite desta quarta-feira (3), em Parauapebas, sudeste do Pará. Um dos suspeitos morreu na hora.

O caso aconteceu por volta de 20h30 na Rua J, esquina com a Avenida D, no Bairro Cidade Jardim. O funcionário do estabelecimento e suposto alvo da dupla foi identificado como Marcos Rodrigues Rosa Conceição. Ele também foi atingido pelos disparos, mas socorrido para o Hospital Municipal de Parauapebas.

Não se sabe o que pode ter motivado a tentativa de homicídio. Também não foi comunicada a saúde do trabalhador do lava a jato. As informações são do Native News Carajás.

A Polícia Civil informou que os suspeitos chegaram numa local em uma motocicleta Honda Bros para cometer o crime. No entanto, o policial identificado apenas como Soldado Edson percebeu a ação e decidiu intervir. Houve troca de tiros e o agente de segurança conseguiu acertar um dos suspeitos. O policial não se feriu.

Um dos integrantes da dupla não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele não teve o nome divulgado. O comparsa que sobreviveu foi identificado como Riquelme Torres Silva. Não há informações sobre o seu estado de saúde.

A Polícia Científica do Pará (PCP) realizou exames de perícia no local e removeu o corpo do suspeito que morreu após a troca de tiros

OLiberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.