Um policial militar alcoolizado, provocou confusão e agrediu algumas pessoas que estavam em um bar, no último final de semana, no município de Maracanã, nordeste paraense. Após registrar Boletim de Ocorrência (BO) de uma das vítimas que afirmou ter sido agredido pelo homem, a guarnição de serviço foi ao local e encontrou o homem amarrado.   

Com sintomas de embriaguez, alterado e várias lesões físicas, o homem resistiu à prisão, entretanto, foi desarmado pelos policiais, algemado e conduzido ao posto policial . No local, o acusado recusou a dizer seu nome e agrediu verbalmente e fisicamente, com chutes, o comandante da GU, 2°SGT PM Dionísio.

Uma das vítimas, que trabalha como organizadora de excursão, informou que o acusado também a agrediu fisicamente, bateu em seu esposo e outras pessoas que estavam no bar, o que causou a revolta aos demais frequentadores do estabelecimento e consequentemente a briga generalizada.

O homem foi posteriormente foi identificado, por sua esposa que presenciou as agressões, como cabo policial militar Marcelo Lima Pereira, lotado no 10°BPM. Segundo a guarnição, o homem foi levado para a delegacia de Maracanã para os procedimentos legais.

Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *