Polícia Militar prende em Nova Ipixuna acusado de matar líder rural em Baião
Foto: WhatsApp

Foi preso por policiais militares de Nova Ipixuna, na tarde de segunda-feira (01), Cosme Francisco Alves, apontado como acusado um dos executores da morte da coordenadora do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), Dilma Ferreira da Silva, 45 anos, do marido dela, Claudionor Costa da Silva, 42, e do vizinho do casal, Milton Lopes, 38.

A prisão aconteceu após denúncia anônima. O acusado foi apresentado na delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis. Segundo as investigações, além de Cosme Francisco, outros dois irmãos deles Glaucimar Francisco Alves e Alan Alves participaram dos homicídios. 

O fazendeiro acusado de ser o mandante das mortes já foi preso pela polícia. De acordo com a polícia, Fernando Ferreira Rosa Filho, 43 ano, mandou matou os lideres rurais para ficar com as terras deles, depois mandou matar três funcionários para evitar processo na Justiça. Fernando foi preso no dia 26 de março, quatro dias depois dos crimes.

Você pode gostar de ver

São Félix: incêndio mata bebê de um ano deixada sozinha em casa pela mãe

A Polícia Militar apresentou na delegacia de São Félix do Xingu, sudoeste…

Mulher é presa com mais de cinco quilos de cocaína na BR 316

Droga foi encontrada na mala de uma passageira de um ônibus interestadual

Dança Pará Festival 2017 deve reunir aproximadamente 3.000 bailarinos e 100 cias em Belém

O “DANÇA PARÁ Festival” em sua 26ª edição acontecerá no período de…