Crédito: Ascom PF

A Polícia Federal realizou nesta quarta-feira, 14, a segunda fase da operação “Tudo Nosso, Nada Deles”, que em o objetivo de investigar uma associação criminosa especializada em fraudes licitatórios realizados em municípios do sudeste do Pará.

Cerca de 15 polícias federais deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva e dois de busca e apreensão nas cidades de Marabá e Tucuruí. Foram apreendidos R$ 52 mil reais em espécie, além do bloqueio de R$ 8 milhões das pessoas físicas e jurídicas investigadas.

Um servidor público municipal foi afastado e uma arma de fogo foi apreendida.

Os investigados irão responder pelos crimes de peculato, artigo 312 do código penal, com pena de até 12 anos de reclusão; fraude à licitação, artigo 90 de lei 8.666/93, com pena de até quatro anos de detenção; associação criminosa, artigo 288 do código penal, com pena de até três de reclusão e posse irregular de arma de fogo, artigo 12 da lei 10.826/2003, com detenção de até três anos.

Créditos/Ascom PF

Por: Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *