Foto: Ascom/ PC

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (5) três pessoas suspeitas de realizarem queimadas na zona rural de Marabá, sudeste do Pará. A operação “Gelada” investigava crimes ambientais na região. Além das prisões, a polícia aprendeu armamentos e munições.

De acordo com a Polícia, a operação atendeu a pedido do Ministério Público Ambiental e denúncias da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). As fiscalizações na localidade foram realizadas por meio de fotos e imagens de drone, que detectaram os focos de queimada.

Ainda segundo a polícia, um dos suspeitos foi preso em flagrante pela posse irregular de arma de fogo e por destruir e danificar floresta considerada área de preservação permanente. Outro suspeito foi preso em outra localidade por atear fogo na floresta sem autorização. Durante a prisão ele confessou o crime e disse que estava derrubando as árvores a mando de outra pessoa, que também foi detida.

Os suspeitos foram conduzidos para a sede da Delegacias de Crimes Ambientais (Deca), em Belém, e estão à disposição da Justiça.

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *