Polícia Civil do Pará alerta para prevenção de golpes no período da Black Friday. (foto: divulgação/Ag.Pará)

Este ano, o dia oficial da “Black Friday” será no dia 26 deste mês, porém, as promoções já estão sendo anunciadas em lojas físicas e virtuais, aumentando assim a expectativa dos consumidores. Produtos como eletrônicos, eletrodomésticos e pacotes de viagens turísticas estão entre as ofertas mais buscadas pelos consumidores. O período é bom para os negócios, entretanto, todos precisam estar em alerta e se prevenir de golpes que são comuns neste período. 

A Polícia Civil do Pará alerta sobre a importância de pesquisar sobre o site, empresa ou prestador de serviço antes de efetuar qualquer compra, fechar um negócio, assinar um contrato ou qualquer outro documento, seja de produtos, financiamentos ou prestação de serviços. 

“Nesse período, é muito comum as pessoas receberem várias ofertas de produtos, porém, durante as compras algumas fazem o pagamento e nunca recebem o que pediram, outras compram determinado produto e recebem algo totalmente diferente do que lhe foi oferecido. Portanto, precisamos avaliar tudo aquilo que estamos comprando. Pesquise bem antes, avalie sobre o fornecedor que está fazendo a oferta. Nem tudo é de fato um bom negócio, pois infelizmente muitos criminosos aproveitam esse período para aplicar golpes”, informou o delegado Neyvaldo Silva, titular da Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE). 

Dicas

Para delegado Neyvaldo Silva, uma dica importante principalmente nas compras virtuais é para que o consumidor evite o uso de boletos bancários, pois após o pagamento é muito mais difícil recorrer e obter o valor investido. Uma opção pode ser o cartão de crédito, o qual ainda se pode recorrer e buscar o ressarcimento, caso seja vítima de fraude. 

Alerta

– Suspeite de promoções incríveis, relâmpagos e com valor desproporcional
– Suspeite de lojas que oferecem pagamento apenas por boletos
– Analise o nome da página ou perfil que divulgou a promoção 
– Analise produtos oferecidos por meio de links, SMS ou aplicativo de mensagem. 
– Procure erros ortográficos, que são alguns dos indícios que apontam para a possibilidade de ser uma tentativa de golpe.
– Desconfie de ofertas feitas por meio de ligações. 
– Sempre confirme a veracidade das informações antes de fechar qualquer negócio. 
-Desconfie de ofertas feitas por supostas agências bancárias, de preferência, vá até o local. 

Denúncias

A Polícia Civil orienta que as vítimas desse tipo de crime procurem as delegacias especializadas e registrem o boletim de ocorrência para que as investigações sejam iniciadas e os criminosos identificados.

As vítimas podem realizar as denúncias na Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE), que está localizada na Avenida Senador Lemos nº1055, no bairro do Telégrafo. Em casos de crimes virtuais, também pode se direcionar a Diretoria Estadual de Combate a Crimes Cibernéticos, que fica na Delegacia Geral da Polícia Civil, na Avenida Governador Magalhães Barata, nº 209. Bloco D (2º piso) ou pela Delegacia virtual – https://www.delegaciavirtual.pa.gov.br.

(com informações Agência Pará)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *