Crédito: Divulgação

A Polícias Civil e Militar apreenderam cerca de três mil litros de gasolina na residência do secretário municipal de Obras de Curionópolis, Francisco Antônio Santos Costa, mais conhecido como ‘Quixadá'.

Segundo a Polícia, denúncias apontavam que o combustível apreendido era utilizado para abastecer veículos que participavam da carreata de vereadores e do atual prefeito, Adonei Aguiar, que concorre à reeleição.

No imóvel, os policiais presenciaram um “adesivaço” de veículos. Ainda de acordo com o delegado, o secretário foi intimado para comparecer à Delegacia de Polícia Civil e prestar depoimento. A residência de ‘Quixadá' é o ponto de referência da campanha do prefeito Adonei Aguiar. No local, já foram realizados eventos importantes, inclusive o lançamento da candidatura que ele disputa pelo partido Democratas.

Foto: Divulgação

Segundo a Polícia, veículos estariam sendo abastecidos de forma clandestina, alegando que o mesmo seria para a participação da carreata em nome de uma candidata à vereadora pelo partido Solidariedade, a qual a Polícia segue com a investigação.

De acordo com a polícia, o combustível estava sendo distribuído por Wesley Rafael de Souza, assessor de gabinete do prefeito Adonei Aguiar, responsável pela administração da gasolina e ainda verificava se os veículos estavam identificados com os adesivos de campanha do prefeito e da candidata à vereadora.

Ao todo, 15 pessoas foram encaminhadas à delegacia onde foram ouvidas e liberadas após prestarem esclarecimentos.

De acordo com o artigo 299 do Código Eleitoral, dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber dinheiro, dádiva ou qualquer vantagem para obter voto é crime eleitoral. Nesse caso, o crime pode resultar na cassação da candidatura dos envolvidos.

Por: Correio de Carajás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *