A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (11), ação de combate a crime contra a ordem política no Estado do Pará. Batizada de Operação Boitatá, a investigação apura ameaças com viés político contra o Poder Judiciário e Ministério Público do município de Viseu/PA.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em endereços dos investigados, e medidas cautelares diversas da prisão contra duas pessoas do município investigadas no planejamento e incitação dos atentados.

Com as investigações, evidenciou-se que pessoas com influência política no município estariam planejando e incitando a parte da população a atear fogo em prédios do Poder Judiciário Eleitoral e Ministério Público Eleitoral do município e atentar contra a vida das respectivas autoridades. Durante as investigações foram confirmadas a gravidade das ameaças, que ensejaram a deflagração da operação.

O nome da operação faz referência a Lenda do Boitatá, protetor das florestas. No contexto da operação, a Polícia Federal está agindo a fim de proteger a higidez das eleições.

A Polícia Federal, em conjunto com o Tribunal Regional Eleitoral e a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará, Polícia Civil, Militar e Forças Armadas reforçaram a segurança no município a fim de garantir a realização do pleito eleitoral e o respectivo resultado obtido nas urnas de forma segura para toda a população.

A Polícia Federal, em conjunto com os demais órgãos de segurança pública, continuará atuando no contexto da Operação Boitatá a fim de garantir eleições seguras em todo o Estado do Pará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *