Foto: Divulgação PF

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (29) mais uma fase da Operação Carranca. A operação combate a exploração ilegal de madeira nos municípios de Brasil Novo, Medicilândia e Uruará, todos no sudeste paraense.

Iniciada em 2016, depois de denúncias da extração ilegal de madeira no município de Brasil Novo/PA, a investigação avançou. A partir daí a PF identificou grupos que atuavam em todas as etapas da cadeia produtiva da madeira: extração, serragem, falsificação de documentos, fiscalização, transporte e compra da madeira ilegal.

Além de madeireiros e servidores públicos das secretarias municipais de Meio Ambiente, das cidades onde os crimes ocorriam, a Polícia Federal identificou a participação de um policial rodoviário federal, policiais militares e civis.

Foto: Divulgação PF

Os policiais cobravam vantagem indevida dos caminhoneiros como condição para prosseguirem viagem ou passando informações de fiscalização rodoviária.

14 mandados de medidas cautelares diversas da prisão, 7 mandados de afastamento do emprego ou função pública, 4 mandados de suspensão da atividade de natureza econômica, 7 mandados de sequestro de bens e 25 mandados de busca e apreensão foram cumpridos durante a operação, que contou com mais de 100 policiais federais.

Os tipos penais investigados são:

  • exploração econômica de floresta nativa em terra de domínio público (art. 50-A, Lei nº 9605/1998);
  • falsidade ideológica (art. 299, CPB);
  • fornecimento de nota fiscal em desacordo com a legislação (art. 1º, V, Lei nº 8137/1990);
  • integrar ou financiar organização criminosa (art. 2º, Lei nº 12850/2013);
  • recebimento de madeira para fins comerciais sem exigir a exibição da licença (art. 46, Lei nº 9605/1998);
  • associação criminosa (art. 288, CPB);
  • corrupção passiva (art. 317, CPB);
  • prevaricação (art. 319. CPB);
  • peculato (art. 312, CPB);
  • violação de sigilo funcional (art. 325, CPB);
  • concussão (art. 316, CPB).

A Operação Carranca

O nome da operação se refere a um tipo de escultura robusta produzida em madeira, que afasta maus espíritos. A operação Carranca busca afastar os maus que devastam a floresta amazônica brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *