A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (23), a Operação Matinta Perera; segunda fase da Operação Para Bellum, que investigava a possível existência de fraude na compra de respiradores pulmonares, pelo Governo do Estado do Pará.

Essa segunda fase tem como objetivo colher mais elementos sobre a participação de um dos investigados dentro dos fatos sob apuração, além de verificar se há compatibilidade entre seu patrimônio e rendimentos.

A operação foi realizada em quatro endereços do secretário de Saúde do Pará, Alberto Beltrame. Em um dos endereços do secretário, a PF apreendeu diversas obras de artes; que segundo o Beltrame, “são fruto de 35 anos de trabalho”.

A PF também deu cumprimento a sete mandados de busca e apreensão criminal, expedidos pelo Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Francisco Falcão.

A operação contou com a participação de 25 policiais federais.


Matinta Perera
É uma personagem do folclore brasileiro. Na lenda, trata-se de uma bruxa velha que à noite se transforma em um pássaro que pousa sobre os muros e telhados das casas e se põe a assobiar, e só para quando o morador promete a ela algo para que pare.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *