PF deflagra Operação Apáte no Pará, Tailândia é um dos alvos
(foto: PF)

Belém/PA – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (09/03), a Operação Apáte que tem como objetivo apurar o uso de documentos falsos para regularização fundiária. Ao todo, estão sendo cumpridos 04 mandados de prisão temporária, 08 mandados de busca e apreensão e 04 mandados de apresentação de documentos com lavratura de certidões cartorárias, nos municípios de Belém/PA, Acará/PA, Tailândia/PA e Moju/PA.

As investigações apuraram que representantes de um grupo empresarial sediado em Belém se utilizava de cartório fictício, supostamente localizado no município do Acará/PA, para forjar certidões de matrículas de fazendas de propriedade de terceiros, deslocando-as e colocando-as em nome da empresa. Na posse dos referidos documentos, bem como de restaurações das referidas propriedades, obtidas com o uso dos mesmos, os representantes da empresa passaram a utilizar todo o produto da contrafação junto a órgãos públicos, tais como INCRA e ITERPA, com o fim de regularizar as referidas terras.

Os presos serão encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça Federal.

 

* A operação, batizada de Apáte, espírito que, segundo a mitologia grega saiu da Caixa de Pandora e personifica o engano e a fraude, decorreu de investigação conduzida pela Polícia Federal em Belém desde o ano de 2016.

 

Assine o Portal

Receba as últimas notícias de Tailândia e região.

Você pode gostar de ver

Em Tailândia crianças plantam árvores

Alunos do ensino infantil da Escola Municipal Adolfo Reis acompanhados por professores e pelo prefeito Ney da Saúde plantaram árvores.

Filme alemão gravado no Pará mostra as belezas da Amazônia ao mundo

O primeiro filme chama-se “Perdidos na Amazônia” e está sendo rodado no…

Prefeitura Municipal de Tailândia expede Nota de Esclarecimento sobre IPTU

De acordo com as informações, não há ilegalidade em cobrar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

UFPA e prefeitura de Mãe do Rio realizam topografia do bairro Sales Costa

A titulação casas dos moradores, dos espaços religiosos, comerciais e das cooperativas existentes na cidade poderá ser feita ainda este ano.