Agência Pará

Uma série de irregularidades na compra de respiradores pelo governador do Pará, Helder Barbalho (MDB) na perícia da Polícia Federal, anexada aos autos da Operação Para Bellum, divulgou O Antagonista.

No laudo os peritos afirmam que o valor do contrato não é compatível com o mercado. A pesquisa da PF considerou 48 processos de compra e um total de 22.485 unidades de equipamentos similares aos comprados por Helder.

“O preço médio aferido, dentro do escopo da pesquisa realizada, é de R$ 67.522,99 (sessenta e sete mil, quinhentos e vinte e dois reais e noventa centavos), 86,60% inferior ao contratado.”

A PF apontou ainda uma série de procedimentos que descumpriram princípios da gestão pública, como “prudência, razoabilidade, vinculação ao instrumento convocatório, julgamento objetivo e impessoalidade”.

Por: O Antagonista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *