Crédito: Reprodução/Confirma Noticias

Um homem identificado como pastor Erádio de Paula Dias Filho de 38 anos, foi preso logo após realizar um culto, no último domingo, 29, na cidade de Pacajá, região sudoeste do estado. O pastor era procurado pela justiça desde dezembro de 2020, acusado da participação ao roubo a uma agencia bancária em Cametá

Os policiais receberam informações da Divisão de Repressão ao Crime Organizado, e da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antisequestros. Segundo informações, o acusado estaria vivendo na região do Xingu. 

Segundo a Polícia, Erádio seria o homem que deu apoio ao bando. Ele alugou uma propriedade rural na cidade de Baião, onde os assaltantes ficaram escondidos, e planejaram toda a ação. Preso durante o culto religioso, em Pacajá, ele é o sétimo envolvido no crime a ser capturado pela polícia.

A quadrilha que atacou Cametá errou cofre e não levou nada. Na ação, vários reféns ficaram feridos. Após serem cercados pela Polícia Militar, os criminosos deixaram a cidade.

Após a prisão, a polícia descobriu que contra Erádio, ainda havia um mandado de prisão em aberto desde 2012, por roubo a banco.

Por: Confirma Noticias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.