Reprodução

O mecânico e motorista Deusimar José Dionísio, de 52 anos, morreu esmagado por um ônibus, na tarde desta segunda-feira (7), quando trabalhava na manutenção do veículo, na garagem da Empresa Trans Brasil, no Bairro Beira-Rio.

Ele estava de cócoras, ao lado do carro, com parte do tronco – cabeça e braços – para dentro da carroceria, trabalhando no conserto da bomba de ar, na parte traseira, quando uma peça de madeira que sustentava o macaco hidráulico se partiu fazendo com que o equipamento caísse.

A pesada carroceria desabou em seguida atingindo a cabeça do profissional, estourando o crânio. O Corpo de Bombeiros, cujo quartel fica bem próximo do local da tragédia, foi chamado e imediatamente chegou à garagem em que ocorreu o acidente, constatando que o corpo de José Dionísio ainda estava preso sob o veículo.

Por: Dudu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *