| Polícia Santa Catarina

Um paraense, identificado como Daniel Soares, foi preso em Navegantes, município do litoral norte de Santa Catarina, suspeito de ter matado o próprio filho, um bebê de três meses de vida.

O crime aconteceu na última sexta-feira (12). Em depoimento, o pai disse à Polícia Militar que deu um “tapa forte” no bebê e ele teria caído no chão.

A versão é desmentida pelo laudo médico, que apontou que a causa da morte foi esganadura. 

A criança  ficou aos cuidados do pai enquanto a mãe da criança estava trabalhando. Ao retornar para casa, a mãe, também paraense, percebeu que a criança não estava respirando.

Segundo reportagem do portal de Santa Catarina Click Camboriu, a criança chegou a ser socorrida, mas o bebê já deu entrada sem vida no hospital de Navegantes .

Ainda segundo a reportagem, o Instituto Médico Legal (IML) realizou a perícia e acredita que a criança faleceu por volta das 16h.

O bebê apresentava sinais de violência no rosto. 

A reportagem informa ainda que o pai, de 28 anos e que seria natural de Nova Timboteua, nordeste paraense, teria se estressado com o bebê que estaria chorando.

A mãe da criança é de Santarém Novo, nordeste paraense, onde o menino foi velado e enterrado neste domingo (14).

Por: Click Camboriu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *