Nesta segunda-feira(26) o Governo do Pará lançoua plataforma SeloVerde, que disponibiliza de modo transparente, as informações de rastreabilidade da cadeia produtiva da pecuária em todo o território paraense. O Pará é o primeiro estado brasileiro a implementar um sistema público com essas informações.

A criação da plataforma conta com a cooperação do Governo do Pará com o Centro de Inteligência Territorial (CIT) da Universidade Federal de Minas Gerais. Dentro do Plano Estadual Amazônia Agora (PEEA), a plataforma é a mais atual estratégia de divulgação da situação ambiental das propriedades e sua produção.

É uma plataforma que vai ajudar os legalizados e colaborar com o comando e controle do estado do Pará. Estamos oferecendo governança com transparência e responsabilidade ambiental, além disso buscamos apoio nessa ciência de dados que resulta positivamente para quem vende e para quem compra.

Com os dados cartográficos disponíveis será possível avaliar a conformidade ambiental, implementando rastreabilidade transparente dos fornecedores diretos e indiretos de gado e produtores de soja, auxiliar a regularização fundiária e disponibilizar banco de dados geográficos integrando informações da Semas, Instituto de Terras do Pará (Iterpa) e Agência de Defesa e Agropecuária do Pará (Adepará).

Para Felipe Nunes, diretor-presidente do Centro de Inteligência Territorial (CIT), a plataforma é importante para ressaltar a cooperação entre centros de pesquisa da UFMG, reconhecidos mundialmente pela ciência e órgãos responsáveis pela promoção da sustentabilidade. E que é possível unir o conhecimento de pesquisadores e formuladores de políticas públicas em uma ferramenta de inteligência territorial inovadora.

A nova plataforma facilita a obtenção de diagnósticos mais detalhados sobre a situação socioeconômica e ambiental dos imóveis rurais
 
Em contexto de transparência, a Semas oferece várias ferramentas com informações detalhadas geridas pela secretaria, como: o portal do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e o Programa de Regularização Ambiental, que apresentam o status da regularidade ambiental do imóvel rural e o Portal Legislativo, que conta com todas as normas aplicadas ao tema ambiental.

Em breve, será lançado o portal do ICMS Verde, instrumento que disponibilizará relatórios detalhados da implementação da política que condiciona e dirige o repasse de uma parte da receita do ICMS já arrecadado pelo Estado aos respectivos Municípios, com base em critérios ambientais.

Por Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *