Crédito: Josseli Carvalho/Correio de Carajás

Populares encontraram na tarde desta quinta-feira, 29, uma ossada humana nas proximidades da ponte do Rio Novilha, a 14 km do perímetro urbano de Marabá, na Rodovia BR-230, sentido Marabá-Itupiranga.

 O crânio estava separado do tronco e membros, num raio de 20 metros. Ao lado dos restos mortais, uma mala aberta, contendo roupas, calçados, livros, anotações e documentos de identificação possivelmente do morto. No local, havia também um capacete na cor laranja, que costuma ser usado por mototaxistas.

Os documentos encontrados no local, eram em nome de Wilkson Nunes Silveira, de 48 anos, natural de São Luís (MA). Ele era bacharel em Direito e tinha carteira de estagiário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seção Pará.

Uma equipe da Policia Militar responsável pelas rondas na área foi a primeira a chegar. A guarnição isolou o local do achado e acionou a Polícia Civil, que, comunicou o Instituto Médico Legal (IML) para fazer o levantamento e remoção do cadáver.

Se confirmada a identificação da ossada sendo mesmo de Wilkson, a OAB vai tentar localizar familiares da vítima para comunicar sobre o ocorrido e prestar as assistências necessárias dentro das suas atribuições.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o crime.

Por: Correio de Carajás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *