Uma operação de fiscalização apreendeu 14 toneladas de pescado na região do Mosaico Lago de Tucuruí, que abrange os municípios de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Ipixuna, Itupiranga e Novo Repartimento. Em mais de 30 dias de operação, o Governo do Estado do Pará, por meio do IDEFLOR-Bio, SEMAS, Polícia Militar (CPR IV), em parceria com a Eletronorte e Secretarias Municipais de Meio Ambiente da região também recolheu quase 44 mil metros de redes de emalhar que estavam sendo utilizadas de forma irregular. 

“Infelizmente esses números refletem a falta de conscientização das pessoas em relação aos recursos naturais, uma vez que a região está no período do defeso, quando a pesca comercial é proibida no período de 01 de novembro a 28 de fevereiro” (Instrução Normativa Interministerial nº 13, de 25/10/2011), ressalta a gerente do Mosaico Lago de Tucuruí/IDEFLOR-Bio, Mariana Bogéa. 

Durante a operação, também foram resgatados animais silvestres, que após avaliação técnica, foram devolvidos a natureza. 

“As ações de fiscalização fazem parte da missão Institucional do IDEFLOR-Bio, que não medirá esforços para garantir o cumprimento da legislação ambiental vigente, assim como a manutenção dos níveis sustentáveis dos estoques pesqueiros no Lago de Tucuruí”, enfatiza a Presidente do IDEFLOR-Bio, Karla Bengtson.

O Lago de Tucuruí, além de ser um Mosaico de Unidades de Conservação, é responsável pela manutenção do desenvolvimento da pesca comercial, que é a principal atividade econômica desenvolvida nesse espaço, sendo responsável por empregar diretamente mais de 5 mil pescadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *