(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)

As obras de recuperação da PA-252, que em breve será apresentada como mais uma alternativa para aliviar o fluxo de veículos na travessia sobre o rio Moju, atingiu os quatro primeiros quilômetros, informou a Agência Pará. O trecho corresponde ao ponto inicial, na PA-150, e vai até a comunidade conhecida como Luso Brasileira. As obras são coordenadas pela Secretaria de Estado de Transportes (Setran), em parceria com os demais órgãos do governo do Estado que compõem o Grupo de Trabalho (GT) responsável pelo ordenamento de carros e pedestres no entorno das obras de reconstrução da ponte Moju Cidade.

Os trabalhos chegaram a ser suspensos no meio da semana passada em função das fortes chuvas que caíram no local. Tão logo o tempo melhorou, no entanto, homens e máquinas voltaram a se revezar num trabalho que segue em ritmo acelerado. A ação consiste, principalmente, no alargamento da rodovia e no nivelamento da estrada com a retirada de buracos e inserção de aterro mais compacto.

A PA-252 liga a cidade de Moju à Alça Viária, via Perna Sul, no município do Acará. A intenção é tornar a passagem de carros pequenos, ônibus e transporte alternativo prioritária pelo local. A previsão da obra, no entanto, depende, em parte, do índice pluviométrico previsto para os próximos dias, já que a chuva torna inviável a compactação de aterros utilizados em rodovias.

Além da recuperação da PA-252, o GT que atua no entorno das obras de reconstrução da ponte Moju Cidade colocou em funcionamento, no início da última semana, mais uma balsa birrampa, o que diminuiu ainda mais a espera na travessia sobre o rio. Pelos cálculos dos órgãos de fiscalização posicionados no embarque e desembarque de carros e pedestres, veículos de passeio, por exemplo, não têm levado mais que 25 minutos para fazer o trajeto sobre o rio Moju.

 

O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *