Alvo de pedido de buscas da Polícia Federal na Operação Fora da Caixa, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB) afirmou nesta quinta-feira (9), que sua campanha ao governo do Estado, em 2014, foi feita dentro da legislação.

“As doações oriundas da empresa Odebrech foram integralmente declaradas ao TRE e minhas contas aprovadas pela Justiça Eleitoral. Reitero o compromisso com a lisura de todo processo eleitoral e com o trabalho da Justiça”, também escreveu o emedebista em seu perfil no Twitter.

A agência de notícias do Pará enviou nota ao Portal Tailândia negando que Helder seja alvo:

NOTA
Sobre a operação da Polícia Federal desta quinta-feira(9), Helder Barbalho não é alvo da ação.

Ainda na tarde de ontem, o ex-senador Luiz Otávio Campos (MDB), do Pará, que havia sido preso durante a operação, foi liberado após audiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.