Duas pessoas foram presas pela Polícia Militar na noite de sábado (10) em Moju, nordeste paraense. Os acusados identificados como Michelle Tayna Pojo Cunha e Bruno Pinheiro da Silva foram pegos em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com a PM, após receber denuncias informando que o principal suspeito  da tentativa de homicídio contra o repórter Jackson Silva, do Portal Moju News, seria um homem identificado como “Fábio Junior” e que ele estaria localizado em um condomínio, uma guarnição da PM saiu em diligencias.

Ao longo do caminho, a equipe policial se deparou com Bruno na calçada, que ao ver  a aproximação policial tentou fugir para dentro de casa. Ao entrar no imóvel, a policial pegou Michelle em flagrante com dois pacotes de maconha, balança de precisão e a quantia de R$ 70,00 sobre a mesa, além de três rolos de plástico filme usados para embalar a droga.

A suspeita confirmou a posse das drogas e informou que havia vendido uma motocicleta no valor de R$3000 (dinheiro usado para comprar maconha). Ela ainda disse que teria um relacionamento amoroso com o suspeito e que ele estava em sua residência o dia anterior, mas não sabia do seu envolvimento com o crime.

Diante dos fatos, os suspeitos e o material apreendido foram apresentados na Delegacia de Policia para os procedimentos cabíveis.

Relembre o caso;

Na noite da última sexta-feira (09) o repórter Jackson Silva foi vítima de uma tentativa de homicídio no município de Moju, nordeste do estado. A vítima foi atingida com pelo menos 6 disparos de arma de fogo.  O suspeito fugiu do local. A vítima segue no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, recebendo os cuidados médicos.

As denúncias sobre a localização dos suspeitos podem ser feitas de forma anônima através do Disk 181, ou pela Inteligência Artificial Rápido e Anônimo (IARA), no WhatsApp (91) 98115-9181, e através do Chatbot (caixa de diálogo com a atendente virtual Iara), presente no site da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Segup).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *