Foto: Divulgação

Uma idosa foi mantida refém por pelo menos três horas por um criminoso em Moju, nordeste paraense, durante a tarde de quarta-feira (1º). Benedita Corrêa de Souza, de 81 anos, ficou sendo ameaçada por uma faca empunhada por Rafael Oliveira Silva desde o começo da tarde, por volta de meio-dia, sendo libertada somente depois das 16h.

Segundo a 8ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o homem invadiu a casa da idosa, que fica na rua José da Conceição Santos, bairro Alto, após ver uma viatura se aproximando. A PM disse que foi ao local após receberem a denúncia que um homem tentava matar uma mulher (que é sua companheira) no bairro, e quando chegaram, viram Rafael ameaçando uma vítima na Rua Teófilo da Silva Santos. Quando percebeu que seria preso, ele largou a mulher que ameaçava e invadiu a casa da idosa, onde se trancou no quarto com ela.

Como a situação era bem delicada, pois Rafael ameaçava matar a idosa, foram pedidos reforços, e várias viaturas tomaram a rua, com apoio do Grupamento Tático Operacional (GTO), que ajudou nas negociações. Para se render e libertar a refém, o homem fez exigências, pedindo um colete balístico e a presença da imprensa.

Depois de mais de três horas de negociações intensas, ele resolveu se entregar e libertar Dona Benedita. Após o fim do drama, a idosa teve que ser levada pelo Corpo de Bombeiros a uma unidade de saúde da cidade, onde se recupera do trauma.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, ainda com a mulher como refém, ele alega que “não era a intenção” dele matar a idosa. “Eu falei: ‘tia, só colabora comigo. Eu não quero te ferir. Eles querem me matar, só colabora comigo. A senhora é minha garantia'”, diz o criminoso.

Já detido, o homem foi levado até a Delegacia de Polícia Civil de Moju, onde foi constatado que ele já respondia a processos na Justiça  por crimes de tráfico de drogas, violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo e homicídio, estando em saída temporária de fim de ano quando começou a situação com a refém. Com ele, a Polícia Militar apreendeu três facas. O homem foi autuado por cárcere privado e segue preso na delegacia.

Fonte: O Liberal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *