O Conselho Tutelar de Abaetetuba recebeu denúncia de maus-tratos contra uma criança, no bairro Angélica. Nesta terça-feira(17), os conselheiros foram ao endereço e confirmaram a informação: havia uma criança com ambas as mãos queimadas, com ferimentos gravíssimos.


A autora da tortura foi a própria mãe da criança, que disse que fez para “disciplinar' o filho, que segundo ela, tira dinheiro da bolsa dela, sem consentimento. Ela usou uma colher quente.

A agressão foi na segunda-feira 16, mas só chegou ao Conselho no dia seguinte. O menino foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do município, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi necessária a transferência para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, que conta com uma ala especializada no atendimento de casos de queimaduras.

A mãe não negou a autoria do crime e contou, inclusive, que já tinha espancado o filho outras duas vezes, pelo mesmo motivo. Ela foi presa em flagrante e levada à delegacia. O menino deve ser encaminhado para morar com o pai, que mora em outro endereço. Os pais da criança eram separados.

Com informações Naldo Araújo/Abaetetuba)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *