Imagem/ Divulgação

Um homem identificado como José Carlos Barbosa de Freitas, também conhecido como “Lôro”, “Chico” e “Zé Claudio”, foi preso, no domingo (22) à noite, em Anajás, no Arquipélago do Marajó, sob a acusação de um estupro consumado contra uma idosa de 69 anos e de duas tentativas de estupro contra mulheres em Breves.

Ele tinha um mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça. A prisão havia sido solicitada pela Polícia Civil em Breves.

Os policiais civis de Breves, que também fica no Marajó, saíram para prender o suspeito logo no começo da manhã de domingo, no rio Mapuazinho. “Lôro” tentou fugir para Macapá numa embarcação tipo rabeta, supostamente roubada.

Mas, após um trabalho conjunto dos policiais civis de Breves e Anajás, com o apoio da Polícia Militar de Anajás, o acusado foi localizado e preso no começo da noite, às proximidades de um bar, em Anajás.

Polícia acusa “Lôro” de praticar crimes sexuais desde o ano passado

De acordo com a polícia, “Lôro” já vinha praticando crimes sexuais desde março de 2022, quando tenteou estuprar uma mulher em Breves. Em novembro fez outra tentativa. Nas duas ocasiões, ele não consumou a violência sexual porque as vítimas conseguiram pedir socorro a tempo.

Ele é acusado de, neste mês, estuprar uma idosa de 69 anos. Conforme a polícia, no dia 2 “Lôro” bateu à porta da vítima pedindo água. Em seguida, começou a praticar atos libidinosos até obrigar a idosa a fazer sexo.

Usando uma tesoura, ele a ameaçou de morte. “Lôro” foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Anajás e continuará preso, à disposição da Justiça.

Por: Notícia Marajó

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *