Na última quinta-feira, 14, várias pessoas começaram a compartilhar informações de que jovens ameaçaram ataques em escolas paraenses. Segundo as mensagens, o alvo seria a Escola Renato Pinheiro Conduru, localizada no bairro Maracangalha, em Belém. 

A preocupação da direção com a segurança dos alunos se deve ao atentado registrado em Suzano, região metropolitana de São Paulo, na manhã de quarta-feira, 13, e abalou todo o país. Além de acionar a polícia, a direção da escola vai registrar boletim de ocorrência para que as investigações prossigam.

Santarém

Policiais militares se mobilizaram em Santarém, oeste do Pará, após mensagens que teriam sido trocadas entre dois jovens, sobre um suposto atentado na Escola Estadual Álvaro Adolfo da Silveira, no bairro Santa Clara.

O chamado da direção da instituição é por conta da segurança dos alunos se deve ao atentado registrado em Suzano, região metropolitana de São Paulo, na manhã de quarta-feira, 13, e abalou todo o país.

A escola atende dezenas de alunos do ensino médio nos turnos da manhã, tarde e noite. Além de acionar a polícia, a direção da escola vai registrar boletim de ocorrência para que as investigações prossigam.

Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *