Nesta segunda-feira, 4, um homem identificado como Cristian Roberto, 19 anos, se apresentou à 16ª Seccional de Polícia Civil e confessou ter assassinado o padre José Ronaldo Gomes de Brito, 37 anos, na cidade de Santarém, no oeste paraense. 

De acordo com o acusado, o crime ocorreu durante a comemoração da virada de ano. Além de confessar o crime que, segundo ele, aconteceu com um único golpe de faca no pescoço da vítima, ele também relatou que mantinha um relacionamento de cunho amoroso com o padre. 

Após o assassinato, Cristian informou que pegou o carro que estava com o padre e tentou fugir, porém, acabou sofrendo um acidente de trânsito na Rodovia Fernando Guilhon.

Segundo informações do suspeito, o motivo do crime seria por conta de um desentendimento entre eles. Segundo a Polícia, mesmo tendo informado às autoridades que havia esfaqueado o padre Ronaldo no pescoço, a necropsia realizada pelo Instituto Médico Legal (IML) não é possível afirmar qual a causa da morte devido o avançado estado de decomposição em que ele se encontrava.

Fonte: O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *